Crise de ansiedade: cinco sintomas que você deve saber

Ansiedade é algo comum no ser humano, é normal nos sentirmos ansiosos quando vamos fazer algo novo, quando há algum evento para acontecer, como o nascimento de um filho, ou mesmo, as vésperas de uma entrevista de emprego.

O problema é quando essa ansiedade passa dos limites do tolerável, prejudicando a sua qualidade de vida e fazendo com que você tenha sintomas psicológicos e até físicos, mostrando assim, da pior maneira, que você está tendo ataque de ansiedade.

Sintomas da crise de ansiedade

Veja abaixo cinco dos principais sintomas da crise de ansiedade:

1 – Sentir falta de ar: um sintoma comum antes da crise, é sentir falta de ar. A respiração se torna ofegante, e o indivíduo estressado pode sentir esse sintoma não só antes da crise, mas também em situações comuns do dia a dia;

2 – Algo de ruim vai acontecer: sem motivo aparente, a pessoa ansiosa sente que algo muito ruim está para acontecer, o medo e a preocupação tomam conta dos pensamentos, deixando a pessoa à beira de um colapso nervoso;

3 – Tensão muscular: um dos sintomas físicos da crise de ansiedade é a tensão muscular. Sem dormir direito e estando sempre tenso, a pessoa começa a sentir dores pelo corpo, devido a não conseguir relaxar. Se não tratada, pode desencadear outros problemas físicos;

4 – Coração acelerado e palpitação: o medo de que algo ruim vai acontecer cria um clima de tensão, acelerando o batimento cardíaco e deixando o indivíduo com os nervos à flor da pele;

5 – Tontura: a pressão psicológica a qual a pessoa ansiosa se põe, traz como consequência, a tontura, aumentando ainda mais o desespero que junto com os outros sintomas, desencadeiam uma crise ansiosa.

Ataque de ansiedade: evite

Se você já teve um ataque de ansiedade, sabe o quanto é ruim passar por isso, pois os efeitos tanto físicos quanto psicológicos são arrasadores, o seu trabalho agora será evitar a próxima vez.

Mesmo que você nunca tenha tido uma crise, mas sinta alguns dos sintomas, não deve se confortar com isso e começar a procurar ajuda desde já, para evitar que a situação piore.

Essa ajuda pode ser um médico, psicólogo ou terapeuta.

Como diminuir a ansiedade?

Você sabia que é possível diminuir os sintomas da ansiedade em um curto espaço de tempo? Sim, é possível, pois existe técnicas para isso.

Eu escrevi um curso com métodos eficazes para controlar a ansiedade, com técnicas que qualquer um pode fazer já a partir de hoje, independente em que nível se encontra a sua ansiedade.

Clique na capa do curso abaixo para conhecer.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!